sábado, 23 de julho de 2016

Matéria: "Músicos que você deveria conhecer: John Frusciante"

Matéria publicada por Carlos Eduardo do site lounge.obviousmag.org.

Nunca foi um simples guitarrista, de uma simples banda. Sua introspecção e visão do universo ao seu redor cativou aqueles que tiveram o privilégio de ver por seus olhos, palavras e riffs o quanto enigmático e detalhista é ser um Ser Humano neste Universo.


John Anthony Frusciante, nova iorquino, nascido no dia 5 de Março de 1970. Homem de aspecto simples, mas rodeado de pontos de vista diferenciados. Aos 18 anos se torna guitarrista da aclamada banda Red Hot Chili Peppers. Por três vezes seu trabalho foi reconhecido entre os melhores guitarristas da história. O que torna esse "rockstar" diferente dos outros?


Há um bom tempo a indústria fonográfica percebeu que a grande massa consome o que lhe for servido. A quanto tempo você não vê grandes artistas nascendo em uma mesma época? É um ou outro que acaba ditando "o que é a música do momento". Tangenciando tudo isso há milhares de artistas que destilam suas almas em notas com a esperança de mostrarem um novo ponto de vista sobre o que é vivido e o que certamente se viverá, tudo isso às margens do que nos é apresentado pela mídia. John fora o Red Hot Chili Peppers possuí 14 álbuns gravados. Neles encontramos um resumo de sua existência até os dias atuais, uma vida regrada a heroína, a desilusão entre a expressão do que se sente gerando dinheiro e fama, a luta contra a heroína e a incompreensão, a imersão no auto conhecimento, a esperança e alegria dos primeiros resultados positivos sobre o viver, o declamar de conselhos para crises existenciais e muitos outras situações que vivemos todos os dias, mas censuramos porque não podemos sentir, disseram um dia que seríamos fracos se o fizesse.


Sua música mesmo com todo o teor introspectivo que já é comum de se encontrar, também possuí detalhes curiosos: ele é fanho. Dificilmente você acreditará se relembrar as músicas do Red Hot, mas lembre se que ele realizava a segunda voz e back vocals apenas. Com uma voz aveludada, palavras que sofrem a sair entre os dentes apenas agregaram em sua musicalidade, um feito para poucos. O que dizer sobre sua técnica como guitarrista? Poucos conseguiram colocar tanta energia, brilho e sentimentalismo em cada nota como ele. Muitas vezes o estilo de John é lembrado ao eterno Jimi Hendrix, acho que não é necessário mais nenhum comentário sobre.

A melhor forma de conhecer e principalmente sentir a música é ouvindo de mente e coração abertos. Abaixo deixarei mais algumas músicas deste notável músico e esperar que assim como eu o deixe cantar os acontecimentos da sua vida...


Para ver a matéria completa: Lounge.obviousmag.org

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Red Hot Chili Peppers live @ Valley Rock Festival, Coréia do Sul - 22/07/2016


Show do Red Hot Chili Peppers  no Valley Rock Festival na Coréia do Sul, no dia 22 de julho de 2016.

Set list:

1.Can't Stop
2. Dani California
3. Scar Tissue
4. Dark Necessities 
5. Parallel Universe
6. Right On Time 
7. Snow ((Hey Oh))
8. Factory Of Faith 
9. The Getaway 
10. Californication
11. Go Robot
12. Under The Bridge
13. Detroit
14. By The Way
Encore:
15. Goodbye Angels
16. Give It Away

Fotos:











Vídeos:

Dani California @ Valley Rock Festival, Coréia do Sul - 22/07/2016

Scar Tissue @ Valley Rock Festival, Coréia do Sul - 22/07/2016

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Escute a bateria isolada da música "Suck My Kiss" em artigo do site da Revista Cifras

O site da Revista Cifras fez uma lista com o áudio de bateria isolada de 10 clássicos do rock. A música "Suck My Kiss" do álbum "Blood Sugar Sex Magik" (1991) aparece na lista.

 Red Hot Chili Peppers: "Suck My Kiss" (baterista: Chad Smith)


Para ver a lista completa: Revista.cifras.com.br

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Entrevista do Anthony Kiedis para a revista alemã Stern (junho/2016)


No mês passado, o vocalista do Red Hot Chili Peppers, Anthony Kiedis, foi entrevistado pela revista alemã Stern e falou sobre diversos assuntos, entre eles, sobre sua vida pessoal e o Red Hot Chili Peppers.

Segue abaixo alguns trechos da entrevista traduzida pelo site RHCP.com.br:

Anthony Kiedis está em uma varanda numa mansão em Malibu. Do mar vem uma brisa. Kiedis tem sua jaqueta preta fechada até o pescoço. Ele está bronzeado, mas suas bochechas parecem fundas. Há pouco menos de uma semana o frontman dos Red Hot Chili Peppers teve que cancelar um concerto em Irvine, Califórnia, de última hora. Os fãs já esperavam a banda, quando o baixista Michael Balzary, apelidado de Flea, subiu ao palco para explicar que Kiedis estava a caminho do hospital. A mídia divulgou depois: dor de estômago violenta. Após a morte de Prince e David Bowie neste ano, o pânico foi grande. Teria mais um grande do rock com um passado de drogas não tão inofensivo sido pego?

“Não se preocupem”, disse Kiedis. “Bowie ainda vai ter que esperar até que eu possa visitá-lo. Mas eu tive cólicas infernais. Fiquei branco como um fantasma e mal podia me mexer. Meu corpo parou de funcionar abaixo do estômago.“ As dores foram sequelas de uma operação na qual haviam removido sua vesícula biliar. “Eu não havia mais tomado os remédios. No hospital eles colocaram tubos no meu nariz e removeram do meu corpo tudo o que não pertencia a ele. Desde então não comi mais nada sensível.”

Sobre tingir seu cabelo:
Ele fará 54 este ano. Seu corpo é malhado, seus cabelos e até mesmo seu belo bigode são tingidos. No seu nicho os homens têm que desafiar a idade. Nos concertos ele ainda se apresenta com o torso nu. Kiedis sabe que muitos pensam que um músico de rock deveria se aposentar aos 40 anos. Ele acha “legítimo” que as pessoas pensem desse jeito. ”Em relação a algumas bandas, eu mesmo fico feliz quando estão acabando. Os Eagles chegou um momento que eu não aguentava mais ouvir. Mas alguns músicos têm uma fase criativa mais longa. Uma benção que David Bowie não tenha se aposentado. Nós ainda temos energia e somos curiosos. Não há razão para parar.”

Sobre o Red Hot Chili Peppers não querer ser uma banda comercial:
Eles continuam com seu estilo de funk, rock, rap e pop. E com as baladas, naturalmente. No entanto, Kiedis nunca cederia uma música uma música para shows de talentos como “The Voice”. “Tornaria nossa música algo barato. Nós não escrevemos essas músicas para que amadores num concurso as cantassem. Quando um músico de rua toca nossa música, ouço com prazer. Mas não quando se trata de algo comercial. Fico enojado quando minhas músicas favoritas são utilizadas para propaganda.”

Abaixo, no jardim, Flea brinca com seu husky mestiço. Ele quase tropeça no degrau para o terraço. “Desculpa, não prestei atenção”, grita ele e ri. Ele tem cabelo curto e grisalho e é tão pequeno e delicado quanto Kiedis. Os dois são inseparáveis. “Quase como um casal”, brincam amigos. Recentemente, eles decidiram fazer “tatuagens de amizade de David Bowie” iguais. Ambos se presentearam com carros elétricos da Tesla. Às vezes eles se caçam como crianças e brincam de “dia do banheiro”: quem for pego deve se ajoelhar e fazer gargarejos como uma descarga de banheiro. Os dois sem conhecem desde os tempos de ensino médio na escola secundária Fairfax em Los Angeles. O padrasto de Flea era um baixista de Jazz; o pai de Anthony, John Kiedis, era um ator sem sucesso, playboy e pequeno traficante, que fornecia drogas a grandes do rock como o Led Zeppelin. Anthony e Flea fundaram os Red Hot Chili Peppers porque achavam que assim atrairiam mais (e melhor) mulheres.

Agradecimentos pela tradução e mais trechos da entrevista: Redhotchilipeppers.com.br
Entrevista completa: Stern.de

segunda-feira, 18 de julho de 2016

#HappyBDay Jack Irons!


Jack Irons Steven (nascido em 18 julho de 1962 em Los Angeles, Califórnia) é um músico americano que é mais conhecido como o ex-baterista de bandas de rock norte-americana, Red Hot Chili Peppers, Eleven, e Pearl Jam.

Nascido e crescido em Los Angeles, Califórnia, Irons cresceu usando talheres de sua família como baquetas, tocando junto ao que era no rádio. Ele falou pra seus pais para comprar um conjunto de percussão, e tomou um tambor de classe. Irons participou do Bancroft Jr. High School, em Hollywood, onde se encontrou com futuros colegas de banda Michael "Flea" Balzary e Hillel Slovak. Ele então passou a freqüentar Fairfax High School, em Los Angeles ao lado de Flea e Hilel, bem como futuros colegas de banda Anthony Kiedis e Alain Johannes.

Jack Irons tocou bateria na banda da escola e orquestra. Ele e Hilel Slovak foram os fãs do Kiss, e eles formaram um ato de homenagem. Irons foi influenciado por Jack DeJohnette, Stewart Copeland e Keith Moon.

Jack Irons é conhecido por ser um dos fundadores dos Red Hot Chili Peppers e você pode ouvir ele tocando bateria no terceiro álbum dos Red Hot Chili Peppers, The Uplift Mofo Party Plan, em 1987, bem como sobre a cobertura da banda da música "Fire" (originalmente escrita por Jimi Hendrix) e o primeiro lançado pelo Red Hot Chili Peppers no álbum The Abbey Road EP de 1988.

Foi induzido no Hall da Fama do Rock em abril de 2012, como membro do Red Hot Chili Peppers.

Congratulations Jack Irons, we fans from Brazil wish you lots of happiness and luck!

sábado, 16 de julho de 2016

Red Hot Chili Peppers live @ Festival d'été de Québec, Canadá - 16/07/2016


Show do Red Hot Chili Peppers no Festival d'été de Québec, Canadá no dia 16 de julho de 2016.

Este é o segundo show da banda no Canadá, depois de se apresentarem no festival Ottawa Bluesfest ontem (15).


Set list:

1. Can't Stop
2. Snow ((Hey Oh))
3. Scar Tissue
4. Dark Necessities
5. If You Have to Ask
6. Nobody Weird Like Me
7. Otherside
8. The Getaway
9. Californication
10. Ethiopia
11. Go Robot
12. Under the Bridge
13. By the Way
14. Around the World
15. Give It Away

Fotos:











Vídeos:

Scar Tissue @ Festival d'été de Québec, Canadá - 16/07/2016

Give It Away @ Festival d'été de Québec, Canadá - 16/07/2016

John Frusciante estará presente no novo disco de Omar Rodríguez-López


De acordo com o site Consequence Of Sound, Omar Rodríguez-López irá lançar 12 discos com músicas inéditas em um prazo de seis meses até o final deste ano. 

Um desses lançamentos, Arañas en La Sombra, é um caso em particular cravejado de estrelas. Como indica mxdwn.com, o álbum foi gravado com a formação original do Mars Volta, com Jon Theodore, Eva Gardner, e o falecido Ikey Owens, junto com ex-guitarrista do Red Hot Chili Peppers, John Frusciante. O material, que foi feito em 2012, finalmente será lançado em 26 de agosto pela Ipecac Recordings. 

Agradecimentos: Jfeffects.com.br
Fonte: Consequenceofsound.net

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Red Hot Chili Peppers live @ Ottawa Bluesfest, Canadá - 15/07/2016


Show do Red Hot Chili Peppers no festival Ottawa Bluesfest no Canadá no dia 15 de julho de 2016.

O Red Hot Chili Peppers está de volta para a América do Norte onde se apresentam hoje no Ottawa Bluesfest e amanhã (16) irão se apresentar no Festival d'été de Québec, também no Canadá.

Set list:

1. Can't Stop
2. Dani California
3. Scar Tissue
4. Dark Necessities
5. The Adventures Of Rain Dance Maggie
6. Right On Time
7. Tell Me Baby
8. Otherside
9. The Getaway
10. Go Robot
11. Californication
12. Under The Bridge
13. Detroit
14. By The Way
Encore:
15. Soul To Squeeze
16. Give It Away

Fotos:












Vídeos:

Can't Stop @ Ottawa Bluesfest, Canadá - 15/07/2016

By The Way @ Ottawa Bluesfest, Canadá - 15/07/2016

05 anos de divulgação do single "The Adventures of Rain Dance Maggie" na internet


Hoje, 15 de julho de 2016, completa 05 anos de lançamento do single The Adventures of Rain Dance Maggie na internet. 

O single do Red Hot Chili Peppers, The Adventures of Rain Dance Maggie, foi divulgado na internet na sexta-feira (dia 15/07/2011). A música estava prevista para ser lançada somente no dia na segunda-feira (dia 18/07/2012), mas vários blogs e sites começaram a espalhar a faixa pela rede na tarde da sexta-feira.

13 anos de lançamento do videoclipe "Universally Speaking"

Hoje, 15 de julho de 2016, o videoclipe de "Universally Speaking" completa 13 anos de lançamento. O vídeo foi lançado em 15 de julho de 2003 e foi dirigido por Dick Rude.

  

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Curiosidades RHCP: Lançamento da canção "Soul to Squeeze" no ano de 1993

Ao longo dos dias, será postado aqui no Blog RHCP Brasil curiosidades do Red Hot Chili Peppers ao longo de toda história da banda, contando também um pouco de curiosidades dos membros e ex-membros da banda.

A próxima curiosidade é da memorável e linda canção"Soul to Squeeze".


Em 1993, a gigante da música Warner Bros a fim de manter o nome da banda vivo, depois das recentes saídas de John Frusciante e de seu substituto Arik Marshall, lançou um single retirado das gravações antigas de BSSM.

Tratava-se de "Soul to Squeeze", que já havia encantado inúmeras pessoas no documentário "Funky Monks", fez na época muitos fãs se perguntarem a razão pela qual a banda e sua gravadora não haviam incluído a música no álbum. Um videoclipe filmado em preto e branco foi feito para música, dirigido por Kevin Kerslake. No vídeo, naturalmente só estavam presentes Anthony, Chad e Flea. A ideia para o clipe surgiu através de um filme antigo dos anos 30, dirigido por Todd Browning, intitulado "Freaks".

A música é o lado B de "Give it Away" e "Under the Bridge", que são outros dois grandes sucessos dos californianos. Embora não tenha entrado no quinto álbum de estúdio da banda, a mesma foi introduzida como single em 1993 e incluída na trilha sonora do filme "Coneheads" (no Brasil, Cabeças de Cone). Em 2003, o single entrou na compilação de melhores canções dos Red Hot Chili Peppers, Greatest Hits. A canção se tornou um sucesso inesperado com um pico na primeira posição no Modern Rock Tracks e vigésima segunda posição no Billboard Hot 100.

Agradecimentos pelo texto: Fatos Desconhecidos RHCP (Facebook)

quarta-feira, 13 de julho de 2016

13/07: Dia Mundial do Rock no Brasil!


Hoje, 13 de julho de 2015, comemora-se o Dia Mundial do Rock, uma data que deve ser lembrada por todos nós, fãs de uma das maiores e melhores bandas do rock mundial, o Red Hot Chili Peppers!

História do Dia Mundial do Rock
O dia 13 de julho é conhecido no Brasil como Dia Mundial do Rock. A data celebra anualmente o rock e foi escolhida em homenagem a um megaevento que aconteceu em 1985 por Bob Geldof. A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o "dia mundial do rock".

Em 13 de julho de 1985, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia. O evento chamou a atenção por contar com a presença de muitos artistas famosos na época. Entre os participantes, estavam The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.

Os shows foram transmitidos ao vivo pela BBC para diversos países e abriram os olhos do mundo para a miséria no continente africano.

Em 2005, 20 anos depois do primeiro evento, Bob Geldof organizou o Live 8, uma nova edição com estrutura maior e shows em mais países. Dessa vez o objetivo foi pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres e erradicar a miséria do mundo.

No Live 8 o Grupo de Rock Britânico Pink Floyd se reuniu em sua formação clássica pela primeira vez depois de 20 anos de separação.

Comemoração somente no Brasil
Apesar de se chamar "Dia Mundial do Rock", a data só é comemorada no Brasil. Ela começou a ser celebrada em meados dos anos 1990, quando duas rádios paulistanas especializadas em rock - 89 FM e 97 FM - começaram a mencionar a data em sua programação. A celebração foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o país. Entretanto, essa data é completamente ignorada em todo o resto do mundo.

Outros países e localidades não têm uma data específica para celebrar esse estilo musical ou têm outras datas. Nos EUA, poucas pessoas comemoram a data no dia 9 de julho, em homenagem ao programa "American Bandstand, de Dick Clark, que estreou nessa data. O programa ajudou a popularizar o rock and roll nos EUA.

Para comemorar o nosso dia mundial do rock, nada melhor que ver o discurso e apresentação do Red Hot Chili Peppers no Rock And Roll Hall of Fame 2012, traduzida pelo site RHCP Brasil:

terça-feira, 12 de julho de 2016

Review: Chad Smith & Ian Paice - Modern Drummer Festival 2005

Em 2005, o festival mais prestigiado de bateria do mundo mudou-se para o espectacular New Jersey Performing Arts Center (NJPAC), e a combinação de talentos de classe mundial e instalações de classe mundial levantou a barra para todos os festivais de bateria no planeta.

Os bateristas Chad Smith (Red Hot Chili Peppers) e Ian Paice (Deep Purple) fizeram uma apresentação incrível neste festival. Abaixo o vídeo da apresentação:

  

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Flea faz parte da Fender Signature Series Jazz Bass


O baixista do Red Hot Chili Peppers, Flea, acaba de fazer parte da linha Signature Series da Fender. O vídeo de divulgação mostra o baixista com seu baixo Fender Jazz Bass fabricado em 1961, o favorito dele.

O instrumento é uma réplica exata da própria Shell Pink ’61 Jass Bass do Flea e foi usado nas gravações do álbum “Stadium Arcadium” com o Red Hot Chili Peppers, durante as gravações do álbum “AMOK” do Atoms For Peace e recentemente foi usado no mais novo álbum lançado “The Getaway” do Red Hot Chili Peppers.

Vídeo:


Agradecimentos: Consequenceofsound.net e Youtube.com/fendermusical

domingo, 10 de julho de 2016

Red Hot Chili Peppers live @ T in the Park, Escócia - 10/07/2016


Show do Red Hot Chili Peppers no festival T in the Park na Escócia, no dia 10 de julho de 2016.

A última vez que a banda se apresentou neste festival foi no ano de 2006, durante a turnê mundial do álbum "Stadium Arcadium".

Set list:

1. Intro Jam
2. Can't Stop
3. Snow ((Hey Oh))
4. Scar Tissue
5. Dark Necessities
6. If You Have to Ask
7. Nobody Weird Like Me
8. Otherside
9. Look Around
10. The Getaway
11. Universally Speaking
12. Go Robot
13. Under the Bridge
14. Detroit
15. By The Way
Encore:
16. Goodbye Angels
17. Give It Away

Fotos:










Vídeos:

Goodbye Angels @ T in the Park, Escócia - 10/07/2016

Full show @ T in the Park, Escócia - 10/07/2016